Você está aqui: Capa » Informações » O QUE É A SAÚDE?

O QUE É A SAÚDE?

transferir (5)A palavra saúde está relacionada etimologicamente com a palavra «totalidade». Isto implica que ter saúde não significa apenas não estar doente, não ter uma dor ou qualquer outro sintoma que normalmente associamos à doença. Para existir uma saúde total todas as manifestações físicas, emocionais, mentais e espirituais devem aparecer numa proporção e equilíbrio adequados. Se as necessidades de cada um destes aspectos estão satisfeitas então poderemos dizer que existe sintonia e harmonia, que existe saúde.
Um estado de saúde é pois um estado de harmonia em que todas as necessidades físicas, mentais, espirituais e emocionais estão satisfeitas. Cada ser é um sistema espiritual, psico-físico delicadamente equilibrado. Quando uma parte deste sistema apresenta algum problema deixa de existir harmonia e as possibilidades de contrair alguma doença de facto aumentam.
A medicina e a psicologia modernas fizeram muitos progressos na “cura” de determinados sintomas, no entanto ainda não descobriram uma teoria coerente da saúde integral, ou seja, a medicina continua a tratar e a curar o homem não como se ele fosse um todo, mas sim como se fosse uma máquina composta de várias peças independentes, quando uma se estraga , arranja-se, mas ignoram-se todas as outras.
Neste aspecto, outras culturas estão muito mais avançadas que nós, os ocidentais.
A medicina chinesa, por exemplo, baseia-se na teoria da saúde como resultado do balanço de energias polarizadas em todo o sistema. Durante milénios os médicos chineses elaboraram programas para a manutenção deste balanço ou equilíbrio. Como se sabe, de tradição, o médico chinês era pago regularmente pela sua ajuda na manutenção da saúde. Se algum membro da família adoecia, considerava-se que o “programa” tinha falhado temporariamente e suprimiam-se os honorários até o paciente ter de novo recuperado a saúde.
A medicina ocidental teve sempre tendência para considerar que a enfermidade física é causada em princípio por factores físicos. Consequentemente, o tratamento aplicado é sempre o de origem física: medicamentos, cirurgias e quimioterapias curam muitas vezes o sintoma sem curarem realmente o problema e ignoram de todo o aspecto psicológico, espiritual e até humano.
Mas a evidência de que o sistema subjectivo (psíquico e espiritual) tem um papel dominante na etiologia da enfermidade e na sua duração, aumenta dia a dia. Por exemplo, é evidente que o ritmo rápido e competitivo da vida nos países industrializados produz um estado geral de “stress” no sistema psíquico. Este stress reflecte-se no sistema somático criando um estado de alarme generalizado, que predispõe a certas doenças que denominamos “da civilização” por terem nela a sua origem.
Se este estado geral de «stress» do meio ambiente se conjuga com acontecimentos especialmente difíceis da vida particular.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Please type the characters of this captcha image in the input box

Por favor, digite os caracteres desta imagem na caixa de entrada

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>